Li e recomendo: Os vampiros de Morganville - Casa Glass

Olá caros leitores, enquanto leitora apaixonada por livros, sempre procuro postar alguma dica de leitura e como não poderia deixar de ser, trago uma dica de livro que "recém-saído do forno" me fez "viajar" do início ao fim da leitura, o que atribuo a façanha a Rachel Caine que soube me prender ao enredo de sua história . Enfim, sem mais delongas, a seguir a resenha do livro que, diga-se de passagem, li em apenas um dia.

Em Os Vampiros de Morganville: Casa Glass (Rachel Caine - 288 páginas - Underworld), o leitor se depara com Claire Danvers, uma garota prodígio que com apenas dezesseis anos de idade já cursa o primeiro ano na Universidade Texas Praire (TPU), na cidade de Morganville onde tudo, literalmente, pode acontecer.
É nesta perspectiva de que tudo pode acontecer_ inclusive ser duramente hostilizada pelas meninas populares da universidade_ que Claire inicia sua difícil jornada em um mundo novo e totalmente surreal onde o bizarro anda lado a lado das pessoas comuns como ela, considerada, durante toda a vida, um ser classificado em “algum lugar abaixo de zero”.
Cansada das perseguições e humilhações sofridas no campus da universidade, Claire decide procurar algum lugar para ficar e é justamente aí que os problemas que a jovem tem em se manter longe de encrencas aumentam quando ela conhece os moradores da casa Glass (Shane Collins, Eve Rosser e Michael Glass), tão cheio de mistérios quanto à própria cidade.
Desse modo, Os Vampiros de Morganville traz uma história bem construída e, apesar de surreal, bem lógica, pelo menos do ponto de vista das bizarrices com as quais o leitor se depara do início ao fim da narrativa onde, indiscutivelmente, é difícil não torcer por Claire e seus amigos. E mesmo com os estereótipos, como uma “nerd” perseguida pelas garotas gostosas e sem cérebro da faculdade e os caras lindos, fortes e cheios de mistérios (Michael Glass e Shane Collins), o livro consegue ser uma ótima pedida para quem deseja ler uma história rodeada de mistérios com direito a pitadas de romance e aventura a vontade.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Meta de leitura 2016

Uma lição sobre o suicídio

Expressões idiomáticas ao pé da letra